E-mail Marketing: dicas para utilização da ferramenta

e-mail-marketing

 

O e-mail marketing é uma ferramenta essencial para a fidelização de clientes e pode ser usada também para conversão de vendas e melhorar o relacionamento com o consumidor.

 

A segmentação dos disparos é imprescindível. A mesma deve ser feita de acordo com a atuação da empresa e os diferentes consumidores, utilizando-se de uma estratégia própria para o formato da empresa e perfis do público-alvo.

Por exemplo, uma empresa de automóveis poderia segmentar inicialmente sua lista de contatos por clientes que já adquiriram seus carros e clientes que mostraram interesse nos mesmos e, a partir disso, segmentar pelos tipos de carro de preferência, como esportivos, conversíveis, compactos, etc.

Essa segmentação por interesses do público engaja o usuário, pois fornece conteúdos realmente relevantes. E, ao mesmo tempo, decorrente desse modelo, aumenta os cliques e conversões da empresa.

 

Além disso, é preciso segmentar de acordo com as ações de cada usuário, ou seja, customizar os próximos e-mails que serão enviados a partir do mapeamento do comportamento do usuário.

A personalização do conteúdo nos disparos aumenta radicalmente a taxa de abertura dos e-mails. A personalização pode ser feita através das próprias plataformas de disparo, dependendo de qual você utiliza.

O que chamamos aqui de personalização são as diferentes lacunas que se pode preencher de acordo com os dados do cliente. Por exemplo, a individualização de nome, aniversário, ações, etc.

Por exemplo, se uma parcela dos usuários que costuma abrir os e-mails não abriu o último e-mail que você disparou, é possível enviar um e-mail retomando o assunto. Se Marcelo (cliente fictício) está nessa lista de comportamento, você poderia enviar: Marcelo, o novo Ford já foi lançado! Ou: Marcelo, vimos que você não conferiu a última notícia, entre inúmeras outras possibilidades.

 

Outra abordagem que melhora o desempenho dos e-mails é o uso de dispositivos de interação, como vídeos. A utilização desses dispositivos, porém, deve ser usada com cautela, ponderando o tempo de carregamento do e-mail e uso da internet.

 

Mais uma dica para melhorar o desempenho dessa ferramenta é: use assuntos claros! Chamadas que não indicam do que realmente se trata o conteúdo geram menos cliques.

 

Gostou do conteúdo? Pra ficar por dentro das novidades é só seguir nosso instagram (@agenciabongo) ou nossa página do Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *